Pergunte ao Vendedor!!!

De acordo uma pesquisa da American Marketing Association e do CMO Council, vendedores não usam 90% das ferramentas criadas pelo Marketing!

Por quê?

Em geral a razão é uma excessiva orientação destes materiais para explicar a empresa, os produtos, suas funcionalidades e pouca coisa orientada para os clientes, seus desafios, ameaças aos seus negócios e como sua empresa e soluções podem resolvê-los.

Por quê?

Em geral estas ferramentas e materiais de marketing são propostos pelo pessoal de marketing de dentro dos escritórios, com agências que também estão dentro de escritórios, sendo refinados e aprovados pelos diretores da empresa que muitas vezes já estão bastante afastados do contato com os clientes. Resultado? Chega na hora da convenção de vendas e os vendedores torcem o nariz para muito do que recebem…

Solução?

Para ter seu material de marketing alinhado com a área de vendas, alinhado com as demandas essenciais dos clientes, que tenham impacto direto na tomada de decisão do comprador, envolva seu pessoal de vendas na discussão de que materiais são importantes, que mensagens devem ser passadas e ressaltadas.

As pesquisas mostram que menos de 10% das empresas envolvem vendedores para ajudar a “briefar” o material que eles mesmo vão ter que usar depois!

Vendedores tem muita informação de campo, tem dicas e sugestões valiosas que podem fazer a diferença para o sucesso das campanhas, ferramentas e materiais de vendas.

Envolver sua força de vendas com o marketing é barato e tem um retorno positivo incalculável!

Vendas que fazem a diferença!

O que um vendedor despreparado pode fazer com seu negócio? Veja esta experiência de compra que vivi recentemente quando procurava quatro pneus para meu carro.

Cheguei à loja e disse: Qual o preço do pneu 195–65/R 15?

A atendente respondeu: – Veja bem, nós fechamos às 19:00 horas…senhor.

Consultei o relógio e eram 18:40.

Olhei para a mocinha, com cerca de 25 anos, e disse: – Desculpe incomodá-la, mas quanto custa o pneu? Ela então disse: R$ 499,00 em 3 vezes no cartão. Agradeci e fui embora.

No dia seguinte fui até outra loja e durante o atendimento, um vendedor, me chamando pelo nome, junto com um mecânico, levantou o carro e disse: O senhor precisa de uma bucha da bandeja, a homocinética blá, blá…

Resultado: Comprei os mesmos 04 pneus, pagando (R$ 2.600,00 = R$ R$ 2.076 + R524,00 em serviços na suspensão) mais do que na primeira loja e ainda muito mais satisfeito!

Sobre aquela vendedora, pense comigo: – Quantos potenciais clientes ela dispensa por dia? Se for “apenas” um por semana, façamos as contas, isto representa num ano uma perda de receita de mais de R$103.000,00!

Um investimento muito menor que esse em treinamento poderia ter capacitado toda a equipe para um melhor atendimento.

Engraçado é que alguns diretores ainda ficam fazendo mídias caríssimas, materiais de divulgação fantásticos, entre outros, e investem muito pouco em capacitação. Por que acreditam que treinar pessoas não faz a diferença.

Muitos funcionários de áreas de atendimento e vendas que estão por ai não tem a mínima sensibilidade da importância que suas atitudes tem na geração de negócios.

Pense nisso, não há time vencedor sem muito treinamento!

Treinamento